Instituto Superior de Agronomia – Rumo à descarbonização inteligente

 

A tecnologia SGTi, Gestão Técnica inteligente, funciona sob princípios e ações regulatórias próprios da descarbonização energética, contribuindo para um marco sustentável e eficiente no combater às mudanças climáticas

 

Tecnologia SGTi “Sistema de Gestão Técnica inteligente” instalada em vários edifícios do complexo Universitário ISA, tem como objectivo a optimização dos consumos energéticos, o uso da água e o uso de equipamentos, mantendo inalterável ou aumentando, o conforto dos utentes dos edifícios.

Nos edifícios da Biblioteca, Azevedo Gomes, Ferreira Lapa e edifício Principal a SST instalou a sua tecnologia de gestão inteligente para gerir adequadamente o funcionamento da iluminação e, quando necessário, o uso da energia pelos equipamentos instalados nos mesmos, optimizando consumos energéticos e reduzindo significativamente a sua pegada de carbono.

Um complexo desta natureza, com um nível de uso elevado e em horários diversificados vai, com a instalação da tecnologia SGTi da SST, reduzir significativamente os consumos cuja ordem de grandeza, nestas primeiras semanas, aponta para poupanças da ordem dos 70%.

Calculamos que o retorno do investimento, face à elevada utilização do local, seja conseguido entre 3 e 3,5 anos.

Além da gestão eficiente de consumos e do uso da energia e água, o SGTi da SST permite entre outras funcionalidades, fazer uma análise da usabilidade dos espaços onde está instalado, em tempo real, permitindo optimizar futuros processos de manutenção preventiva.

O algoritmo sob o qual assenta a inteligência embebida em todos os sistemas – trata-se de uma tecnologia com a decisão descentralizada – é de simples utilização e os resultados em várias centenas de equipamentos instalados em território nacional e estrangeiro tem sido francamente incentivador. Com isto, quero dizer que a utilização das regras funcionais desta tecnologia, desenvolvida em Portugal, onde foi agraciada com um primeiro prémio do MIT Portugal, pode ser utilizada por gestores de edifícios sem conhecimentos de programação, tal é a simplificação com que é apresentada e manuseada.

Finalmente a sua instalação e reutilização está fortemente muito simplifica, uma vez que funciona sob os circuitos eléctricos existentes, sem grandes instalações e fios, dado utilizar uma tecnologia de comunicação rádio “over the air”.

Carlos Rosario

Carlos.rosario@sstech.pt

Saiba mais em